Coffee Sweet Coffee

Atualizado: Ago 6


Antes de começar este texto, quero fazer um esclarecimento importante: a visita ao Coffe Sweet Coffee não desrespeitou nenhuma diretriz da ANVISA ou da OMS, pois foi feita no dia 07/03/2020, antes da quarentena para combater e prevenir o Coronavírus.


Um casarão com cara de casa de vó, em que se sente algo familiar logo ao chegar: é assim a cafeteria Coffee Sweet Coffee, criada por um coffee lover que queria, justamente, trazer para o público esse sentimento de aconchego, além de oferecer café de qualidade.


“Nosso objetivo é que o cliente que trabalha o dia todo no estresse do escritório sinta-se abraçado quando vier tomar um cafezinho para relaxar”.

E essa foi a impressão que tivemos, pois logo que chegamos fomos muito bem recebidos por um dos atendentes, que nos apresentou a casa.



Quebrando o padrão das cafeterias pequenas, o casarão soube aproveitar muito bem suas amplas instalações, disponibilizando 90 lugares para os clientes tomarem tranquilamente seu café. Há ainda uma sala, que futuramente receberá cursos do universo do café.


O café conta também com um “cofre”, que traz uma proposta muito criativa, ligada à troca e ao compartilhamento de cafés: para promover variadas experiências de degustação, os frequentadores são estimulados a deixar um café que queiram compartilhar e a levar outro que esteja disponível.



O barista Cauê nos recomendou e ajudou na escolha dos grãos e métodos. Provamos os premiados “2001”, no aeropress, e o “Lemon Pepper”, na Clever, ambos do Café Tequila, do Sítio Serra da Careta, localizado em Baependi, Minas Gerais.



Os dois cafés são deliciosos. O aeropress, feito pelo barista William, é bem conhecido por aqui (confira mais sobre esse método no post anterior, sobre o Café Capixaba); já a Clever é um método bem curioso, com um suporte que, no primeiro momento, lembra o famoso Melitta, mas apenas superficialmente.



A Clever é um dos métodos de preparação mais surpreendentes, fáceis e práticos disponíveis no mercado hoje. Criado por uma empresa em Taiwan, tem um resultado similar ao coado tradicional, apresentando algumas qualidades da Prensa Francesa. Esse diferencial é possível graças ao exclusivo sistema de travamento do filtro, chamado de “shutt off”, que veda o fluxo do líquido quando não está sobre uma xícara ou jarra.




Dessa forma, a água permanece em contato com o café em infusão, o que propicia inúmeras formas de preparo e, consequentemente, muitas variações de sabor. Uma grande vantagem desse método é que o filtro de papel usado é o mesmo do coado tradicional, o que facilita ainda mais a utilização deste método tão curioso. O resultado da minha escolha foi um café encorpado e muito saboroso.



Para aproveitar a sugestão da palavra “Sweet” (“Doce”) no nome da cafeteria, há uma série de quitutes disponíveis. Por isso provamos também um delicioso pudim, feito com café e leite condensado (obviamente, acompanhado de um cafezinho). SIM, comemos um pudim de café tomando café... Pode parecer estranho, mas, nesse caso, combina muito...



Ah, para que essa harmonização se torne mais interessante, recomendo o café sem açúcar, já que o pudim, além de bonito e bom tamanho, já tem doçura suficiente.



Para fechar, provamos o “Leitinho da Vovó” (é esse o nome, mesmo): leite servido com fava de baunilha, cravo, canela e maisena. O Coffee Sweet Coffee já é aconchegante e com clima de casa de vó, mas, depois de beber esse “leitinho”, dá vontade de ficar morando lá.


O cardápio também tem lanches e outras iguarias, como bolos, arroz doce e pão de queijo, além de drinks alcoólicos com café e um cardápio especial dedicado aos veganos e às pessoas que não podem consumir açúcar.



O Coffee Sweet Coffee tem apenas um ano de existência, mas já tem um público cativo, formado por moradores da região e por coffee lovers de várias regiões, tendo se tornado um dos pontos de encontro do universo do café, uma excelente referência para quem estiver em busca de lugares agradáveis para tomar uma boa xícara e comer um docinho, para alegrar o dia.



Update necessário: devido à atual situação, a cafeteria está fechada. Porém, irá iniciar os serviços de Delivery à partir da segunda quinzena de Abril, por meio dos apps de entrega de comida.


Além de participar de um o Projeto super bacana, Anjo Coffee Lover, em que você pode comprar o voucher agora e, assim que a cafeteria reabrir, ter descontos progressivos, brindes e muitos outros benefícios. Para saber mais, basta acessar o Instagram do Caffee Sweet Coffee.


Enfim, espero que possamos superar essa fase e que, muito em breve, todos possam conhecer esse lugar tão gostoso na cidade de São Paulo.

O endereço do Cofee Sweet Coffee é: R Barão de Tefé, 168 - Água Branca/ Barra Funda. Os horários de funcionamento são: segunda à sexta, das 08h às 19h; sábados, das 12h às 18h.


Fotos: Priscila Furuli

Revisão Texto: Luiz Carneiro

#café #cafe #coffee #caféporsp #cafesporsp #cafescada #cafeterias #caféscada #foto #fotografia #fotografar #fotodecafe #fotodecafé #fotoscafeterias #gastronomia #cofelovers #cofelove #fotocafe #fotocafé #sãoPaulo #saopaulo #sp

8 visualizações

Razão Social: Priscila de Oliveira Furuli - CNPJ: 17.543.219/0001-30 - São Paulo - SP

© 2020 Todos os direitos reservados. Proibido reprodução total ou parcial do conteúdo.
Desenvolvido por Rosy Gonzalez